Sites Grátis no Comunidades.net
Disfunção erétil: você sabe o que é?

Disfunção erétil, um desconfortável tabu masculino

Atualmente, os distúrbios do sexo são muito comuns, tanto para homens quanto para mulheres de todas as idades. Muitos desses problemas estão ligados a aspectos psicológicos, de saúde e estilo de vida.

No caso dos homens, a disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual, ainda é um dos maiores tabus. O problema remete a dificuldade de ter ou manter uma ereção capaz de proporcionar prazer suficiente à parceira durante a relação sexual. No Brasil, um a cada dois homens com mais de 40 anos sofre com o problema. No mundo, o número chega a 150 milhões de indivíduos.

Distúrbios sexuais em homens e mulheres

Um estudo americano concluiu que 43% das mulheres e 31% dos homens têm distúrbios sexuais. As mulheres costumam reclamar muito da inapetência ou falta de desejo sexual. Outras queixão do lado feminino são anorgasmia, que se refere à falta de orgasmo, além da dispareunia e vaginismo. Os dois últimos problemas remetem ao temor que algumas mulheres sentem quanto à penetração.

Em relação aos homens, a disfunção erétil é o distúrbio sexual mais relatado. Também são citadas a ejaculação precoce, ejaculação retardada (em alguns casos o homem sequer chega a ejacular devido à demora), e falta de libido.

Causas da disfunção erétil

As causas orgânicas da disfunção erétil podem estar relacionadas à pressão arterial, diabetes, tumor, problemas hormonais, dentre vários outros motivos. Contudo, normalmente o transtorno é provocado por aspectos psicológicos, como a ansiedade e o próprio temor vinculado ao desempenho sexual. Alguns homens receiam não conseguir obter uma ereção durante o ato sexual, o que acaba contribuindo para a manifestação do problema.

Apoio da mulher é fundamental para que o homem recupere a ereção

O preconceito ainda é mais grave do que a doença. A vergonha e o medo da exposição faz com que os homens não queiram conversar sobre o assunto ou procurar por um especialista, e nessa hora receber apoio de sua companheira é fundamental.

Alguns casais imaginam que eles precisam transar simplesmente por viverem sob o mesmo teto. Também pode haver ressentimentos, mágoas, crises financeiras etc.

Muitas vezes a pessoa não está realmente empolgada para ter uma relação sexual em um determinado dia. A compreensão é benéfica, e a cumplicidade é ainda melhor.

Algumas mulheres podem começar a querer barganhar, já que o homem não tem ereção elas propõem a realização de uma atividade compatível com o momento. Porém, muitas vezes elas podem se utilizar de ressentimentos para magoar o parceiro. Este tipo de atitude é fatal e não deve acontecer com o homem, nem com a mulher.

Saiba mais sobre a disfunção erétil acessando: http://disfuncaoeretil.net.br/